Ir para conteúdo

Ir para conteúdo

Prefeitura
Acompanhe-nos:
Facebook

UNIDADES FISCAIS
IPCA - 6,29 %
Banner
Banner Links Úteis Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Banner Links Ùteis Ministério Público de Minas Gerais
Banner Links Ùteis Ministerio Público Federal
Banner Links Ùteis Fiscalizando com o TCE
Banner Links Ùteis Receita Federal
Banner Repasse Estadual IPVA/ICMS/IPI
Academia Campo-belense de Letras
Principal   Academia Campo-belense de Letras -

INFORMAÇÕES SOBRE A PRESIDENTE

DENISE CASSIA GARCIA 

É filha de Dalmo Garcia de Carvalho e Dolores Costa de Carvalho. Natural de Campo Belo (MG), é Administradora de Empresas formada pela Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis de São João Del Rei - atual Universidade Federal de São João Del Rei – MG. Também é advogada, formada pelas Faculdades Integradas Bennett no Rio de Janeiro.

Estudou Administração Financeira e Contratos Comerciais (lato senso) na Fundação Getúlio Vargas – Rio de Janeiro.

Também estudou Direito Internacional Público (Sensu Lato) na Université de Droit d’Economie et de Sciences sociales de Paris (Panthéon-Sorbonne)– Paris – FRANÇA.

É produtora rural (cafeicultora) desde 1979, em Campo Belo (MG).

ATIVIDADES CLASSISTAS, CULTURAIS E SOCIAIS

  • Membro do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais

  • Membro do Colégio Brasileiro de Genealogia – Rio de Janeiro

  • Diretora Social do Campo Belo Country Club - Campo Belo – MG - de 1991 a 2011.

  • Sócia Efetiva da Academia Campo-belense de Letras - ACL – cadeira Menotti del Picchia – posse em 05/09/93

  • Presidente da Fundação Casa da Cultura de Campo Belo, por 04 mandatos consecutivos - de 1993 a 2001

  • Diretora Secretária do Sindicato Rural Patronal de Campo Belo – gestões 1993 a 1996 e 1996 a 1999 - Campo Belo – MG

  • Conselheira Efetiva do 1º Conselho Consultivo do COMPAC – Conselho do Patrimônio Histórico de Campo Belo, nomeada através do Decreto Municipal 1.346 de acordo com a Lei 1.939 de 24/03/1997 e empossada em 04/04/1997

  • Vice-Presidente da Academia Campo-belense de Letras – ACL de 26/07/97 a 12/06/98

  • Membro do Conselho Fiscal da Fundação Museu e Arquivo Público de Campo Belo, desde fevereiro/1998

  • Presidente da Academia Campo-belense de Letras – Campo Belo – MG – desde junho/1998 até os dias atuais.

  • Conselheira Efetiva da APAMA – Associação de Política Agrícola e do Meio Ambiente de Campo Belo, empossada em 14/08/1999.

  • Membro do CEPAM – Conselho de Política Agrícola Municipal de Campo Belo (MG), empossada em 25/08/1999

  • Conselheira do CONSEP - Conselho Comunitário de Segurança Preventiva de Campo Belo, empossada em 17/07/2000

  • Conselheira Fiscal da Fundação Casa da Cultura de Campo Belo (MG) de 2001 até 2017.

  • Membro Efetivo do Comitê da Bacia Hidrográfica do Entorno do Lago de Furnas – CBH FURNAS, empossada em 24/10/2002

  • Vice-Presidente da Comissão Técnica de Café da Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais - FAEMG, desde 2002.

  • Conselheira efetiva do CMDRS - Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável do Município de Campo Belo, desde 2005.

  • Presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Campo Belo (MG) por 7 gestões: 1999 / 2001, 2001 /2003, 2003/2005, 2005/2011, 2011/2014, 2014/2017 e 2017/2020.

  • Conselheira Efetiva do Conselho Municipal de Turismo de Campo Belo (MG) - CONTUR desde junho/2008.

  • Vice-Presidente (suplente) da Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais - FAEMG – gestão 2008/2011, gestão 2011/2014, 2014/2020.

  • Coordenadora da CAMARA SETORIAL DE CAFÉ DA SEAPA – Secretaria Estadual de Agricultura Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, nomeada em Resolução SEAPA n.º 1.166, de 09 de novembro de 2011.

  • Nomeada para o Grupo de Trabalho Geoportal do Café de Minas Gerais – Mapeamento do Parque Cafeeiro (Portaria nº05/2012 – 17 de abril de 2012)

TRABALHOS PUBLICADOS E PALESTRAS MINISTRADAS

  • Livro: OS GARCIA “FRADES” –Ascendentes e Descendentes – 1990 Imprensa Universitária – Belo Horizonte - MG

  • REMEXENDO O BAÚ – HISTÓRIA DE CAMPO BELO (em co-autoria com Carla Maria Junho Anastasia) – 2008 – 1º Edição, 2010 – 2º Edição - Mazza Editora – Belo Horizonte – MG.

  • Vários artigos no Jornal “Ocasião”, Jornal “Liberdade” de Campo Belo – e em diversos Jornais de Minas Gerais (MG)

  • Palestras diversas sobre escritores patronos da ACL, na Academia Campo-belense de Letras – Campo Belo – MG.

  • Palestra sobre a Nova Ortografia Brasileira – Fundação Casa da Cultura de Campo Belo – Campo Belo – MG.

  • Palestra sobre “Estudo de Genealogia do Centro-Oeste e Sul de Minas” ministrada na Jornada Mineira do Patrimônio Cultural de 2009, em Arcos – MG.

AGRACIAÇÕES E HOMENAGENS

  • Medalha de Ouro - Homenagem do Ministério da Agricultura e INCRA – Prêmio Produtividade Rural – PRODUTOR RURAL MODELO 1983 - pelo desempenho no setor agropecuário.

  • Medalha “CIDADE MONTESA” – Prefeitura Municipal de Campo Belo – MG

  • Certificado de Honra ao Mérito – pelo Trabalho, Honestidade, Dinamismo e Valor pelo Cargo que Administra – 13/04/2000 – Novo Horizonte Promoções.

  • Placa de Homenagem Colégio Dom Cabral – Campo Belo (MG) - 1998 (pelo Trabalho dedicado à Cultura e à Educação)

  • Placa de Homenagem da Câmara Municipal de Campo Belo (MG) –1996 (pela idealização da “Semana da Cultura de Campo Belo”).

  • Certificado de Destaque da 161ª Cia da Policia Militar pelo empenho e apoio à criação e manutenção da Patrulha Rural no município de Campo Belo/MG.

  • Medalha MÉRITO RURAL DE MINAS GERAIS concedida pela Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais – FAEMG pela sua atuação na presidência do Sindicato dos Produtores Rurais de Minas Gerais em 2011.

  • Prêmio “MULHERES NOTÁVEIS DE MINAS GERAIS 2013” na categoria representação classista, concedido pela FEDERAMINAS.

INFORMAÇÕES SOBRE A ACADEMIA : 

Fundação do Sodalício

A Academia de Letras foi fundada no dia 21 de abril de 1979, às 16 horas, no salão nobre da Câmara Municipal de Campo Belo, por iniciativa vitoriosa do Dr. Oswaldo Alvarenga, coordenador da Comissão de Cultura dos festejos comemorativos do “Ano do Centenário da Cidade”. Na década de 60 houvera duas tentativas de fundação de uma academia de letras em nossa terra, por iniciativa do professor João Barbosa. Infelizmente, todas duas frustadas.

Assim , a realização do Dr. Oswaldo, foi como que a concretização do antigo anseio e supremo ideal de João Barbosa.

Presidindo a sessão solene de fundação, o Dr. Oswaldo convidou, para secretariar os trabalhos, José Augusto de Carvalho.

Expôs os altos objetivos da Academia e o anteprojeto de seus estatutos, itens que tiveram aprovação unânime da Assembléia.

Estabeleceu-se que a ACL (sigla adotada) teria um quadro ativo de 30 membros (30 cadeiras) e teria duração ilimitada. Os cargos efetivos não seriam passíveis de renúncia. Como, para a fundação, haviam sido convidados apenas 23 membros, estes seriam considerados “Sócios-Fundadores” (Cadeiras de nº 1 a 23). As cadeiras restantes seriam preenchidas oportunamente.

Por proposta do Dr. Oswaldo, foi aclamado, sob aplausos, “Presidente de Honra” da novel agremiação, o escritor, jornalista e poeta, professor João Barbosa e, para patrono da ACL, eleito o ilustre autor de “Velharias” (História de Campo Belo até 1934), José Miserani de Carvalho.

De acordo com a que fora estatuído no anteprojeto dos Estatutos retro referido, o mandato de cada diretoria teria a duração de dois anos, a partir de abril de 1979, podendo haver reeleição.

Dever-se-ia, portanto, marcar a data da eleição da primeira diretoria, imediatamente. Porém, por sugestão do acadêmico Dr. Nilson Reis, foi aprovado, por unanimidade, o nome do Dr. Oswaldo Alvarenga, por seus méritos incontestáveis naquela conjuntura, aclamado primeiro presidente da “Casa de Miserani” e, além disso, foram-lhe outorgados poderes excepcionais para indicar seus companheiros de direção.

Assim, no dia 19 de maio de 1979, “Ano do Centenário de Campo Belo”, às 20 horas, no salão nobre da Câmara Municipal, e com a presença do Prefeito Sr. José Cardoso Cambraia, foi empossada, solenemente, a primeira diretoria.

Abrindo a sessão, o Prefeito – presidente natural da Casa – deu posse ao Dr. Oswaldo Alvarenga que, por sua vez, empossou os seus companheiros de direção. Foi também empossado o “Presidente de Honra”, professor João Barbosa.

Ao final da reunião solene, o Prefeito afirmou que se sentia “altamente compensado por ter tão grande acontecimento se dado justamente durante o seu mandato na Prefeitura”, e agradecia a Deus pela graça de ter sido prefeito neste glorioso “Ano de Centenário – Ano I da Academia Campo-belense de Letras”.

Atualmente, a ACL ampliou o número de Cadeiras para 40 membros.

A ACL trabalha visando elevar e aprimorar a cultura do município, apoiar as atividades socioculturais, o desenvolvimento da cultura em geral e o estímulo das vocações literárias em particular, no âmbito geográfico de suas atividades, que abrange o Município de Campo Belo e regiões circunvizinhas.

Livros Editados e com direitos autorais da ACL

- Velharias – autor: José Barbosa

- Anuário 1979 – 1994 – autoria: ACL

- Remexendo o Baú – autoras: Carla Anastásia e Denise Cassia Garcia

Utilidade Pública

A Academia Campo-belense de Letras foi considerada entidade de utilidade pública, a níveis federal, estadual e municipal, através do Dec. Fed. Nº 91.108, de 12.03.85, da Lei Est. Nº 9.317, de 10.11.1986 e Lei Munic. Nº 1.108, de 23.02.1987, respectivamente.

Comendas

Antes de terminar o seu segundo mandato como Presidente, José Augusto de Carvalho esteve em Ouro Preto (21 de abril de 1989), onde recebeu das mãos do Governador do Estado de MG a Medalha da Inconfidência em grau de Insígnia, pelos serviços prestados pela Academia até essa data.

Na mesma ocasião, o acadêmico prof. Gomide Borges (que, também é membro do Inst. Hist. E Geográfico de Minas Gerais) recebeu a Medalha de Honra da Inconfidência, por sua magnífica atuação naquele consagrado Instituto, então presidido pelo professor Dr. José Geraldo de Faria.

Em 23 de outubro de 1993, na Fazenda Cabangu, pelas mãos da Presidente Marli Carvalho Pacheco, o Sr. Governador do Estado, Hélio Carvalho Garcia, entregou à Academia Campo-belense de Letras a Medalha Santos Dumont, por serviços prestados à nossa cultura.

Presidentes - mandatos:

1º - Oswaldo Alvarenga – de 1979 a 1983

2º - Nilson Reis – de 1983 a 1985

3º - José Augusto de Carvalho – de 1985 a 1987

4º - José Augusto de Carvalho – de 1987 a 1989

5º - Marli Carvalho Pacheco – de 1989 a 1991

6º - Marli Carvalho Pacheco – de 1991 a 1993

7º - Marli Carvalho Pacheco – de 1993 a 1995

8º - Francisco de Assis Corrêa – de 1995 a 1998

9º - Denise Cassia Garcia – de 1998 a 2000

10º - Denise Cassia Garcia – de 2000 a 2002

11º - Denise Cassia Garcia – de 2002 a 2004

12º - Denise Cassia Garcia – de 2004 a 2006

13º - Denise Cassia Garcia – de 2006 a 2008

14º - Denise Cassia Garcia – de 2008 a 2010

15º - Denise Cassia Garcia – de 2010 a 2012

16º - Denise Cassia Garcia – de 2012 a 2014

17º - Denise Cassia Garcia – de 2014 a 2016

18º - Denise Cassia Garcia – de 2016 a 2018

 

 
 
 
 

LOCALIZAÇÃO
Rua: João Pinheiro, n° 102 - Centro
contato@campobelo.mg.gov.br


(35) 3831-7900
Horário de Atendimento:
De segunda a sexta-feira das 12:00h às 17:00h
INFORMATIVOS
Receba em seu e-mails os informativos
da Prefeitura de Campo Belo - MG

© Copyright Instar - 2006-2017. Todos os direitos reservados.

icone instar © Copyright Instar - 2006-2017. Todos os direitos reservados.